E.T.: Veja como estão hoje os atores do filme após 32 anos da estreia no cinema

Filme-ET-O-Extraterrestre (0)

No ano de 1982, Steven Spilberg lançou o primeiro filme que ultrapassou a marca de U$ 700 milhões de dólares, o que se tornou a maior bilheteria da história: o filme era E.T. O Extraterrestre. Quem assistiu no lançamento se emocionou com a amizade entre o menino Elliot e o ET e não se esquece até hoje da famosa frase “ET Phone Home“.
 

Sinopse filme E.T. O Extraterrestre
O garoto Elliott (Henry Thomas) vive em um subúrbio da Califórnia com sua mãe recém separada (Dee Wallace), seu irmão mais velho (Robert Mcnaughton) e a irmã caçula (Drew Barrymore). Uma noite ele encontra o que ele pensa ser um animal em sua garagem, que o assusta. Mas na madrugada seguinte ele descobre que a criatura é, na verdade, um alienígena deixado para trás por seus semelhantes, quando caçadores de OVNIS do governo chegaram muito perto da sua nave. Protegendo-o de todas as formas para evitar que ele seja capturado e transformado em cobaia pelo serviço secreto americano, Elliott, com a ajuda dos irmãos e amigos, ajudar o visitante a voltar para casa.
 

Em 2002, o filme foi relançado nos cinemas como parte das comemorações de seus vinte anos de lançamento, em uma nova versão que continha cinco minutos de novas cenas (que tinham ficado de fora na versão original), além de novos efeitos especiais e uma remasterização digital realizada em todo o filme. As armas dos agentes do FBI também foram substituídas por walkie-talkies, através da intervenção de computadores no filme original. Na ocasião do relançamento, entendia-se que a presença de armas num filme infantil seria inadequada, justificando-se a intervenção.
 

Filme-ET-O-Extraterrestre (1)

Antes de vermos como estão hoje os atores do filme, conheça algumas curiosidades sobre E.T. O Estraterrestre:
 

– A ideia inicial de Spielberg era fazer um filme chamado “Night Skies” (Céu Noturno, em tradução livre) em que aliens aterrorizavam uma família. Mas ele resolveu alterar o conceito do filme por completo e fazer um extraterrestre dócil que fica amigo de uma criança.
– O rosto do ET foi baseado no poeta Carl Sandburg, Albert Einstein e cães pug.
– O som feito pelo andar do ET era, na verdade, produzido por uma camiseta molhada cheia de gelatina.
– A voz do ET foi feita principalmente por uma senhora que fumava dois maços de cigarro por dia e, por isso, tinha um timbre interessante para a produção da sua voz. Além disso, o criador de efeitos sonoros também utilizou, para produzir os sons emitidos pelo ET, o próprio Spielberg, a atriz Debra Winger, a sua esposa enquanto estava dormindo e resfriada, o arroto de um de seus professores da USC, guaxinins, lontras e cavalos.
– Steven Spielberg fez questão de fazer as filmagens com as câmeras na altura de crianças, para mostrar o ponto de vista e haver maior conexão com Elliot e ET.
– Na primeira metade do filme, o único rosto adulto que aparece é o da mãe de Elliot.
– ET não é macho nem fêmea e teria mais de 10 milhões de anos de idade.
– Drew Barrymore, que fez o papel de Gertie, teve um momento nas gravações em que ela não conseguia se lembrar de nenhuma fala, chegando a irritar Spielberg que acabou por gritar com ela. Porém, ele descobriu que ela estava doente e com muita febre. Arrependido, ele a abraçou e pediu desculpas enquanto ela chorava. Depois disso, deram uma pausa para que ela pudesse ir pra casa descansar.
 

Filme-ET-O-Extraterrestre (2)

– Como estava muito difícil de fazer com que a trilha sonora de John Williams correspondesse perfeitamente à edição feita das cenas finais do filme, Spielberg pediu que Williams apenas conduzisse a orquestra da maneira que achasse melhor, como se estivesse num concerto. Com isso, o final do filme foi editado com base na trilha sonora e não o contrário, como é comum. O resultado foi o Oscar de Melhor Trilha Sonora Original para John Williams pelo filme ET.
– Apesar de não haver nenhuma menção clara, a música “Heartlights” de Neil Diamond foi inspirada nesse filme.
– Os médicos e enfermeiras que cuidaram do ET no filme realmente trabalhavam em pronto-socorro e foram direcionados a agir como se estivessem tratando de um paciente de verdade, para que suas ações e diálogos parecessem mais reais.
– Spielberg fez todas as gravações em ordem cronológica. Dessa forma, a resposta das crianças, principalmente, seria mais real. E funcionou tanto que as crianças se emocionaram de verdade na última cena.
– Steven Spielberg e Melissa Mathison pensaram numa continuação do filme em que aliens de outra espécie sequestram Elliot e seus amigos e o ET (que descobrem chamar Zreck) se aventura para salvá-los.
– Quando o filme foi exibido no Festival de Cannes, apenas como um teste, todos os presentes aplaudiram de pé, já adiantando o sucesso que o filme faria.
– Em seu teste para fazer parte do elenco, Henry Thomas (que fez o papel de Elliot) teve que improvizar uma cena em que o agente do governo quer levar embora o ET, que está na casa de Elliot. Para isso, ele pensou no dia em que seu cão morreu para conseguir expressar a tristeza de perder o ET, que seria seu melhor amigo. A sua atuação foi tão fantástica que Spielberg deu o papel para ele no mesmo momento, como você pode ver no vídeo (sem legendas) abaixo:
 


 

Veja e se emocione com o trailer do filme E.T. O Extraterrestre:
 


 

Atores do filme “ontem e hoje”.
 

Atores-Filme-ET (1)

Atores-Filme-ET (2)

Atores-Filme-ET (3)

Atores-Filme-ET (4)

Atores-Filme-ET (5)

Atores-Filme-ET (6)

Atores-Filme-ET (7)

Atores-Filme-ET (8)

DICA PRA LÁ DE CRIATIVA: Compre agora mesmo o Super combo filme E.T. o Extraterrestre, por um preço especial, clicando aqui
 
 

Gostou do Post?
Dê um CURTIR, COMPARTILHE e faça um COMENTÁRIO: