Imperdível pra quem S2 80′s: DYFAM (A Tribute to John Hughes)

Tribute-John-Hughes - DYFAM

Tenho uma dica imperdível para quem nasceu ou para quem gosta dos anos 80! Dezembro do ano passado (perto do natal) vi o documentário DYFAM – curta sobre John Hughes.
 

Antes de falar sobre o documentário, conheça um pouco sobre o cineasta norte-americano que praticamente inventou a comédia adolescente dos anos 80.
 

Considerado no meio do cinema e pelos fãs, como o maior (talvez único) diretor que soube abordar as principais preocupações juvenis dos jovens americanos de forma tão fiel e realista. Com um estilo particular de filmar comédias adolescentes, com uso de metalinguagem (os personagens falavam às vezes diretamente para a câmera), ótimas trilhas sonoras, e uma atmosfera que misturava nostalgia e uma certa dose de picardia, John Hudges se destacou em Hollywood.
 

John Hughes (diretor, produtor e roteirista) lançou a carreira de inúmeros atores de sucesso, como Molly Ringwald, Macaulay Culkin, Demi Moore, Rob Lowe, Judd Nelson, Ally Sheedy, Matthew Broderick, entre outros.
 

Confira algums filmes de John Hughes:
 

Gatinhas e Gatões (Sixteen Candles) : John Hughes
 
gatinhas e gatões sixteen candles john hughes

Clube dos Cinco (The Breakfast Club): John Hughes
 
the breakfast club - clube dos cinco - john hughes

Mulher Nota 1000 (Weird Science) : John Hughes
 

Weird-Science-Mulher-nota-1000 John Hughes

A Garota de Rosa Shocking (Pretty in Pink) : John Hughes
 
A Garota de Rosa Shocking Pretty in Pink John Hughes

Esqueceram de Mim (Home Alone) : John Hughes
 
Esqueceram de Mim (Home Alone) John Hughes

O inigualável Curtindo a Vida Adoidado (Ferris Bueller’s Day Off) : John Hughes
 
Curtindo a Vida Adoidado (Ferris Bueller's Day Off) John Hughes

Mesmo com o grande sucesso de seus filmes, Hughes sumiu de Hollywood, no início dos anos 90, por não aceitar roteiros com histórias “forçadas” (roteiros impostos pelos estúdios), voltando a morar nos arredores de Chicago – local onde havia crescido. Deste então, nunca mais dirigiu um filme. Em 1994, depois da morte do amigo John Candy, com quem filmou “Antes Só Do Que Mal Acompanhado”, Hughes tornou-se ainda mais recluso.
 

John Hudges morreu em 2009, aos 59 anos, de ataque cardíaco, ao caminhar em Manhattan. Wikipedia
 

john_hughes

Voltando ao documentário DYFAM, o filme usa como ponto de partida justamente o sumiço de John Hughes e mostra o esforço do cineasta Austin-Sadowski para encontrá-lo. Assim como os filmes de Hughes, o documentário conta uma ótima história de forma simples.
 

No filme, de 75 minutos, o diretor pega a estrada até os subúrbios de Illinois para encontrar Hughes. Dentre os entrevistados no documentário estão atores e atrizes que trabalharam com Hughes, como Alan Ruck, Ally Sheedy, Molly Ringwald, Judd Nelson, Mia Sara, Kevin Smith, entre outros.
 

DYFAM foi finalizado pouco tempo antes da morte de Hughes e o objetivo do filme era fazer um tributo ao diretor que se tornou referência para filmes de adolescentes. Infelizmente, a Austin e sua equipe não conseguiram mostrar e entregar uma cópia para JH antes da sua morte. #chatiados
 

Veja o teaser oficial, o trailer e um vídeo de um fã sobre John Hughes:
 

Official Teaser – John Hughes Documentary
 

Official Trailer – Documentary about John Hughes
 

Tributo para John Hughes do fã Nick Bosworth (apesar da edição ser caseira, achei o vídeo bacaninha)
 

Apesar da última publicação ter sido feita em Agosto de 2010, vale a pena visitar o Blog DYFAM Documentary
 

CURIOSIDADE: A música Don’t You Forget About Me, trilha do filme Clube dos Cinco (The Breakfast Club), foi escrita pelo vocalista do Oingo Boing, Danny Elfman, a pedido de John Hughes. Já a banda para tocar DYFAM, o Simple Minds, foi “escolhida” pelo próprio cineasta (a música tornou a banda conhecida no mundo inteiro e é sucesso até hoje). S2
 

Ouçam uma versão + nervosa de DYFAM com a banda Atrocity
 

 

Gostou do Post?
Dê um CURTIR, COMPARTILHE e faça um COMENTÁRIO: