Conheça o mascote da Copa de 2014: o Tatu-Bola

O tatu-bola deve ser o mascote da Copa do Mundo de 2014! A Fifa registrou ontem, em um site de patentes europeias, o desenho do mascote da Copa do Mundo de 2014. Com o registro, a Fifa tem o direito de explorar a imagem do tatu-bola em uma série de produtos oficiais durante dez anos – até setembro de 2022.
 

O biólogo Rodrigo Castro foi o responsável por lançar a “candidatura” do Tolypeutes tricinctus como mascote. Apesar da alegria, o biólogo fez um alerta: a espécie, 100% brasileira, está em extinção e o país precisa de investimentos para evitar seu desaparecimento.
 

Tatu-Bola Mascote Copa 2014 (1)

Tatu-Bola Mascote Copa 2014 (2)

O tatu-bola será o 13º mascote da história das Copas, sendo que outros quatro animais já foram escolhidos: os leões Willie e Goleo nos respectivos Mundiais de 1996 e 2006, o cachorro Striker em 1994, o galo Footix em 1998 e o leopardo Zakumi em 2010.
 

O nome do mascote será escolhido por uma eleição na internet (publicarei no post assim que for divulgado). A propósito, qual nome você daria ao mascote da Copa no Brasil? Deixe sua opinião nos comentários.
 

Conheça agora os mascotes de todas as Copas do Mundo até hoje:
 

Mascotes das Copas do Mundo

[update 26/11/2012]
 

O mascote “Fuleco” ou tatu-bola é o mascote da Copa do Mundo FIFA de 2014, a ser realizada no Brasil. Ele é da família dos tatus-bolas, conhecida como tatu-bola-da-caatinga, que encontra-se em estado de espécie ameaçada de extinção.
 

A origem etimológica do nome “Fuleco” é a união das palavras “futebol” e “ecologia”.
 

Foi escolhido em cima das opções Amijubi (amizade e júbilo) e Zuzeco (azul e ecologia), em uma votação de quase 1,7 milhão de fãs do esporte. As três opções de nomes tinham sido definidas por um comitê composto pelo ex-jogador Bebeto, o sambista Arlindo Cruz, a escritora Thalita Rebouças, o publicitário Roberto Duailibi e a cantora Fernanda Santos.
 

O diretor de marketing da Federação Internacional de Futebol (FIFA), Thierry Weil, comentou sobre Fuleco: “Não apenas ele é conhecido e reconhecido pela grande maioria dos brasileiros, mas também parece ter construído um relacionamento com os fãs de futebol e tornou-se uma figura popular, ganhando assim um apelido carinhoso de ‘tatu-bola’. Ele está rapidamente se tornando o mais bem sucedido mascote da Copa do Mundo FIFA de todos os tempos”.
 

Gostou do Post?
Dê um CURTIR, COMPARTILHE e faça um COMENTÁRIO: