Conheça a história do GP do Brasil

Você conheça a história do GP do Brasil? O GP do Brasil é um dos mais importantes eventos do calendário do automobilismo mundial desde 1973, ano em que o país recebeu pela primeira vez uma etapa oficial de F-1.





O Autódromo Internacional José Carlos Pace, popularmente conhecido como Autódromo de Interlagos, foi inaugurado no dia 12 de maio de 1940 pelo interventor Dr. Ademar de Barros, após um período de pouco mais de um ano de construção.

No entanto, a ideia da construção de um complexo de lazer que acabou resultando em um dos mais tradicionais circuitos do mundo teve origem no fim da década de 20, quando o engenheiro britânico Louis Romero Sanson, dirigente da empresa imobiliária de construção civil Auto-Estradas S.A – AESA, idealizou o projeto.

A construção do autódromo teve início em 1938. Em 1939, antes mesmo da conclusão das obras, os principais pilotos brasileiros da época _entre eles Manoel de Teffé, Chico Landi, Carlos Guinle e Sabbado D’Angelo_ disputaram a primeira competição extra-oficial na pista de terra de Interlagos. Mas foi em 12 de maio de 1940 que o circuito, já concluído, recebeu um público de mais de 15 mil pessoas que assistiram à 3ª edição do GP Internacional da Cidade de São Paulo.



Desta forma, os carros mais rápidos da época inauguraram oficialmente os 7.960km do traçado original do circuito paulistano, e Artur Nascimento Júnior, vencedor da prova, tornou-se o primeiro homem a ganhar uma corrida oficial naquela pista.

Em 1971, mais uma vez, Interlagos foi fechada para novas reformas, desta vez para receber uma etapa extra-oficial de F-1, que serviria como uma espécie de “teste” para avaliar a capacidade do Brasil em receber uma prova de alcance mundial. Tudo porque em 1970, Emerson Fittipaldi inscreveu o nome do país na principal categoria do automobilismo ao conquistar sua primeira vitória, no GP dos EUA, em Watkins Glen, pilotando um modelo Lotus-Ford 72C.

No dia 11 de fevereiro de 1973, ocorreu oficialmente o primeiro GP do Brasil valendo pontos para os campeonatos de Pilotos e Construtores.



A estréia não poderia ser melhor: Emerson Fittipaldi venceu e levou os torcedores presentes à loucura, aumentando ainda mais a febre da F-1 em terras brasileiras. Jackie Stewart e Denny Hulme completaram o pódio.

No ano de 1985, o autódromo passou oficialmente a se chamar José Carlos Pace, em homenagem ao piloto brasileiro morto em um acidente aéreo em 1977, aos 32 anos.

Pace conquistou sua única vitória na F-1 justamente em Interlagos, no GP do Brasil de 1975, pilotando um Brabham-Ford BT44B.



Saiba mais no TAZIO

CG: Interessantíssima a história do GP do Brasil, não é mesmo?

Visite o SPEED RACER GO BRAZIL e o PICA PAU BRAZIL.

PRODUTOS RELACIONAIS À F1:
Estátua Ayrton Senna Livro Vitória Ayrton Senna Livro Brasil na F1Carro controle remotoColecionáveisAutorama

+ Senna

Gostou do Post?
Dê um CURTIR, COMPARTILHE e faça um COMENTÁRIO: