Reclamações de Rubens Barrichello

O tradicional “chororô” de Barrichello voltou a chamar a atenção após o Grande Prêmio da Alemanha de Fórmula 1. Confira essa e outras reclamações de Rubens Barrichello em sua trajetória na F-1:

1. Falha de estratégia
Rubens Barrichello largou em segundo lugar no GP da Alemanha, no último domingo, e logo na primeira volta assumiu a primeira colocação. Na segunda parada, o piloto demorou mais de 11 segundos para sair dos boxes por conta de uma falha na bomba de combustível. “É um saco passar por tudo isso e ver que você fez tudo certo e foi prejudicado”, disse o brasileiro.

2. ‘Não vou mais seguir ordem’
No GP da Espanha, em maio, Barrichello abriu uma grande vantagem em relação ao companheiro de Brawn GP, Jenson Button. Mas a equipe decidiu mudar de estratégia: inicialmente, os dois pilotos fariam três paradas nos boxes, mas Button fez apenas duas. Barrichello terminou em segundo lugar. “Se acontecer novamente, não vou mais seguir ordens do time.”

3. Carro ‘saiu de frente’
No treino para o GP da Malásia, em que garantiu o quarto lugar no grid, o brasileiro reclamou da performance do carro. “Foi uma boa sessão para o time, e parabéns ao Button (que havia cravado a pole). Entretanto, do meu lado da garagem, o carro estava saindo de frente e não fomos capazes de solucionar esse problema.” Rubinho terminou a prova em quinto lugar. Button venceu.

4. Muito marketing na Honda
A temporada 2006 não foi das mais felizes para Barrichello. Sem ter subido ao pódio pela equipe Honda, o piloto brasileiro teve como melhores resultados os quartos lugares nos GPs da Europa e dos Estados Unidos. “Aqui se pensa demais nas relações públicas e pouco nas corridas. Estou lutando para mudar essa situação”, afirmou. Ele terminou o Mundial em 7º, com 30 pontos.

5. Ferrari ‘inguiável’
Em abril de 2005, no GP do Bahrein, Barrichello teve problemas no câmbio e nos pneus de sua Ferrari e não passou do 15º lugar no grid. Na corrida, terminou em 9º. “Meus pneus estavam acabados. Foi impossível segurar quem tentava me ultrapassar. O carro estava ‘inguiável'”, disparou. “Se tivéssemos estreado o novo carro mais cedo, ele já seria confiável. Estamos atrasados.”
(Uol Esporte)

CG: Qual é o “conselho” que você daria ao Rubinho para acelerar mais e falar menos? Diga nos comentários!

Visite o SPEED RACER GO BRAZIL

INDICAÇÃO DO CRIATIVO!
Colecionáveis, miniaturas e outros produtos relacionados à FÓRMULA 1

Gostou do Post?
Dê um CURTIR, COMPARTILHE e faça um COMENTÁRIO: