Pérolas do concurso "Rock nRolla"

Todo mundo está careca de saber que o Criativo de Galochas “Mata a cobra e mostra o pau”! As respostas vencedoras que faturaram os ingressos da promoção Rock nRolla foram:

“A maior roubada que me meti, foi ter ido ao velório de uma pessoa que não conhecia para fazer companhia a uma amiga. Chegando lá, esbarrei o braço numa vela e quase cremei o defunto lá mesmo no velório. Velório, nunca mais. Pouco desastrada… rs”

“A maior roubada foi ter ido numa festa, em um bairro que não conhecia, com um paquera que tinha conhecido há pouco tempo. Como ele sumiu e não tinha onde passar a noite, fiquei trancada em um bar. Quando deu 5 horas, corri de um cão e passei por baixo de um portão, com passagem de 30cm. Agora imaginem: eu tenho 1,60m e 95kg…”

“Fui convidado, por um amigo, para uma ‘festa’ fantasia e resolvi ir de Porco Palmeirense. Chegando lá, era um churrasco de uma legião de ‘curintianos’. Tive que sair voando, correndo por cinco quadras sem parar, para não apanhar. Muy amigo, né?”

“Me apaixonei por um salvadorenho que vivia no Brasil. Emprestei dinheiro para ele “renovar o visto” e descobri que era para pagar dívida com um amigo. Fui com ele na casa do amigo que ficava na favela. O ‘amigo’ era dono da boca e a polícia baixou bem na hora. Fui presa por uma noite, perdi o dinheiro e curei minha paixão”.

“Comprei um carro pensando que estava fazendo um bom negocio e quando fui licenciar o carro era roubado com documentos frios. Perdi o carro e o dinheiro, sem dizer que tive que provar pra Policia que não sabia de nada. Que roubada.”

Confira outras roubadas hilárias, e outras nem tanto, dos participantes. Por motivos óbvios, os nomes serão omitidos.

“Hospedar a mãe do meu namorado enquanto ela reformava a sua casa. Ela se mudou acompanhada com seus três labradores, em meu apartamento de dois quartos, e lá permaneceu por mais de um ano e meio.”

“Fui convidada para um jantar especial, paguei R$ 35 reais para ver uma palestra, daquelas pirâmides. Consegui emprestado o dinheiro, levei apenas um convidado que nao entrou e em seguida essa pirâmide acabou. Sumiu, faliu, escafedeu…”

“A maior roubada em que eu me meti, foi me candidatar para vereador e perder as eleições.”

“Minha maior roubada aconteceu em um site de relacionamento. Conheci uma garota “perfeita”. Saimos, ficamos e no dia seguinte, continuamos o pré-namoro. Na semana seguinte, ela liga avisando que estava de mala pronta para ir pra minha casa por algum tempo. Desconversei na hora. Durante três meses essa mulher me atormentou. Tudo isso em dois dias de beijinhos. Fui saber de um parente dela que ela era totalmente desequilibrada emocionalmente.”

“A maior roubada foi responder a um anuncio de emprego de gerente de marketing. A entrevista foi marcada as 19:00 da noite e quando cheguei o lugar era uma casa de ‘moças de valores morais elásticos’ de alto padrão. Uma das funçoes da vaga era contratar e gerenciar as moçoilas. De gerente de marketing à cafetina tem uma graaande diferença”.

“Estava passeando de carro com um grande amigo conversando sobre como a vida de casado. Ele reclamava que não aguentava mais sua mulher o controlando e eu dava conselhos de como, por exemplo, sair durante a semana a noite para ficar com outras mulheres, apenas pra descontrair um pouco e esfriar a cabeça. Depois de algum tempo, meu celular recebe a mensagem “Desliga o telefone que estou ouvindo tudo!” Meu celular ligou sozinho para minha casa e minha mulher atendeu. Não preciso nem dizer o que aconteceu assim que voltei para casa.”

Inscreva-se no Feed do Criativo e fiquem ligados nas novidades e promoções do site. CLIQUE AQUI

Gostou do Post?
Dê um CURTIR, COMPARTILHE e faça um COMENTÁRIO: