Até quando?

Os governos da Bolívia e do Equador, sentindo-se prejudicados por empresas brasileiras que estão investindo em seus territórios (Petrobrás e Odebrech, respectivamente), usaram a força de decretos e do Exército para fazer valer seus “direitos”.

O presidente reagiu com calma, mais uma vez, quando interesses brasileiros são afrontados pelos hermanos populistas. O Equador ainda ameaçou não pagar um empréstimo de US$ 200 milhões, contraído para a construção da Hidrelétrica de San Francisco.

Só para lembrar, quando Evo Morales invadiu a Petrobrás, uma empresa brasileira, Lula disse que a repatriação era legítima e que o colega deveria cuidar dos interesses do seu povo.

CG 1: A excessiva tolerância do governo petista aos abusos cometidos contra empresas brasileiras é demais!
CG 2: Até quando o governo será omisso e conivente com esta prática?
CG 3: Quando Lula irá zelar e defender os interesses da nação? Acorda, Brasil!

Gostou do Post?
Dê um CURTIR, COMPARTILHE e faça um COMENTÁRIO: