Um ano depois

A maior tragédia da história da aviação civil brasileira completou um ano. No início da noite de 17 de julho que o vôo JJ 3054 terminou num grande incêndio no prédio da TAM e deixou ainda mais expostos os graves problemas estruturais da aviação brasileira.

Até hoje, se discute de quem foi a culpa do acidente. Mas há outras perguntas que continuam incomodando: voamos hoje com menos perigo? O que foi realmente feito para evitar novos desastres?

O governo prometeu antecipar a liberação de R$ 2 bilhões previstos para a infra-estrutura aeroportuária no PAC, como o projeto de um novo aeroporto em São Paulo, e a reforma da pista de Guarulhos, além da ampliação de vários terminais em outro spontos do país. Até hoje, nada disso ocorreu. Mas o movimento continuou crescendo à taxa de 10% ao ano (OEMG).

CG 1: Até o momento, apesar de não aliviar a dor da perda dos entes queridos, menos da metade das famílias foram indenizadas.
CG 2: É um absurdo o descaso do governo federal. Até quando? Acorda, Brasil!!!

Gostou do Post?
Dê um CURTIR, COMPARTILHE e faça um COMENTÁRIO: