Diga NÃO a censura na rede

Hoje, 19 de julho, é o dia da blogagem política, um dia para a reflexão politica, um dia onde todos os blogs de todos as linhas editoriais apontam numa só direção, na direção da reflexão cidadã.

Quem já passou dos trinta conheceu a truculência da censura no Brasil, desde 1964, na época do Golpe Militar, até o final dos anos 80 vivemos um regime de ditadura e censura. A censura não é racional, não respeita os direitos individuais e nem a privacidade.

A Internet tem se mostrado um grande meio democrático e propício a liberdade de expressão, mas parece que isto não tem agradado á todos:

– O Ministério Público de tanto pressionar o Orkut conseguiu uma ferramenta de acesso, e quem sabe de censura, e isto pode explicar o desaparecimento de posts e comunidades;
– No Senado, o projeto de Cibercrimes, liderado pelo Senador Azeredo, pretende implantar abusos e absurdos que criminalizam grande parte dos cidadãos conectados.
– A CPI da pedofilia parece ter outra intenção, afinal se se trata de prender pedófilos, porque divulga na Imprensa que vai efetuar ações no Orkut?
– O espetáculo midiatico esta formado, as TVs populares estão exibindo casos pontuais envolvendo a Internet, é Deputado da CPI da pedofilia chorando lágrimas de crocodilo, é modelo que teve suas fotos intimas divulgadas na Internet, é o Ministério Público proibindo jogos e mais projetos terriveis tramitando…

Isto esta parecendo um complô orquestrado!

Absurdo não? Mas para o Senador Eduardo Azeredo isto é perfeitamente natural e faz parte do projeto de cibercrimes que o provedor de acesso registre seu log de acesso e registro de navegação e que denuncie sigilosamente qualquer atividade suspeita.

O Criativo é contra qualquer tipo de censura. Seja ela, na Internet ou nos outros meios de comunicação!

Para saber mais, CLIQUE AQUI

Gostou do Post?
Dê um CURTIR, COMPARTILHE e faça um COMENTÁRIO: