Acelerando a máquina

Em junho e nos três primeiros dias de julho – às vésperas do bloqueio do repasse de verbas da União para convênios com Estados e municípios, por exigência da Lei Eleitoral – o governo repassou R$ 1,2 bilhões a cidades antes de eleição. Os recursos poderão ser liberados durante a campanha para as eleições deste ano.

Coincidentemente, dezenas de prefeituras petistas foram as mais beneficiadas, como as cidades de Fortaleza, Conselheiro Lafaiete, Surubim, Dianópolis, Palmas, etc. Enquanto isso, as prefeituras de oposição, as de São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre não viram a cor do dinheiro.

CG: Será uso da máquina pública com fins eleitorais? Acorda, Brasil!!!

Gostou do Post?
Dê um CURTIR, COMPARTILHE e faça um COMENTÁRIO: