Azedou

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária determinou a interdição cautelar de três lotes de leite: um de leite UHT integral, da Elegê e dois de leite em pó das marcas Leite Leo e Nutrisim.

A decisão a é baseada em laudos de análise da Funed, que detectaram irregularidades relativas a ensaios de acidez em ácido láctico, proteína, gordura, açúcar e na análise de rotulagem. Além disso, em alguns casos, foi detectada a presença de enterotoxinas estafilocócicas, que podem causar intoxicação alimentar.

A marca Parmalat também já esteve envolvida em casos de leite adulterado, no ano passado (CCSP).

CG: E você achando que é o mais puro leite da fazenda!

Gostou do Post?
Dê um CURTIR, COMPARTILHE e faça um COMENTÁRIO: