Programa de Aceleração da Corrupção

A Polícia Federal desbaratou, na semana passada, um esquema de desvio de verbas do PAC, montado por empresários e lobistas com a suposta participação de deputados, prefeitos e funcionários públicos.

A organização criminal já controlava contratos no total de R$ 700 milhões, relativos à construção de cadas populares e obras de saneamento básico. Mais de R$ 2 bilhões estariam na mira do grupo (OESP).

CG: Será que a “mãe” do PAC não teve o cuidado de acompanhar o desenvolvimento do “filho” e deixou que “babás” o fizessem, para dar no que está dando?

Gostou do Post?
Dê um CURTIR, COMPARTILHE e faça um COMENTÁRIO: