O bebê de Rosemary

O primeiro-ministro australiano, interrompeu suas atividades durante visita ao Japão para obrigar uma política que atua em seu governo a procurar ajuda psicológica. Entre outros motivos, Belinda Neal levou o puxão de orelha por dizer que uma rival grávida poderia dar à luz um demônio.

A intervenção do premiê foi causada por diversas reportagens sobre a colega, incluindo os comentários sobre a rival grávida, a suspensão de um time de futebol por chutar um oponente caído e denúncias de que ela havia ameaçado funcionários de uma casa noturna em Sydney (G1).

CG: Vai-te rétro filho do coisa ruim!

Gostou do Post?
Dê um CURTIR, COMPARTILHE e faça um COMENTÁRIO: