Propina tucana

Seis empresas de offshore teriam sido utilizadas pela Alstom para supostamente repassar propinas a autoridades e políticos paulistas entre 1998 e 2001. Os pagamentos seriam feitos com cabse em trabalhos de consultoria de fachada.

Um ex-funcionário do setor de finanças da Alston disse que a propina entrana no valor total do projeto (OESP).

CG: Tucanos, tremei!

Gostou do Post?
Dê um CURTIR, COMPARTILHE e faça um COMENTÁRIO: