Ordem no galinheiro

Depois de cinco anos de tramitação no Senado, a Comissão de Constituição e Justiça finalmente aprovou a Proposta de Emenda Constitucional que proíbe a nomeação de parentes até terceiro grau para cargos em comissão e de confiança na administração pública, direta ou indireta. Agora, a emenda será encaminhada ao Senado e precisará do voto de 49 dos 81 senadores para ser aprovada e seguir para a Câmara.

Só para lembrar, o senador cara-de-pau Wellington “Temporário” Salgado (PMDB-MG) defende o “nepotismo” (OESP).

CG: Chega do empreguismo de parentes. Cobre do seu deputado e senador da sua região!

Gostou do Post?
Dê um CURTIR, COMPARTILHE e faça um COMENTÁRIO: