Foi ele que vazou. E não foi o cano.

O secretário de Controle Interno da Casa Civil, José Aparecido Nunes Pires, foi o responsável pelo vazamento do doossiê sobre os gastos pessoas do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.

No dia 11 de fevereiro, Nunes atendeu o pedido do secretário de administração da Casal, Norberto Temóteo para criar um arquivo sobre gastos do governo FHC pois iria ter uma CPI. Nesta época, não havia nenhuma CPI investigando o tema (Valor).

CG 1: Nunes foi indicação do ex-ministro José Dirceu.
CG 2: Se não havia CPI, pra que elaborar um arquivo? E por que não foi feito do governo Lula também? Acorda, Brasil!!!

Gostou do Post?
Dê um CURTIR, COMPARTILHE e faça um COMENTÁRIO: