Cuidado com o Consórcio Fiat

Infelizmente não é a primeira vez, novidade e ou caso isolado: a maioria das grandes empresas não respeita os consumidores e fazem de tudo para tirar até o sangue! Usam e abusam da condição da lei do maior e mais forte. Lamentável a postura destas empresas.

Desta vez, o Consórcio Fiat, que faz parte do Banco Fiat / Banco Itaú, tentou. Mas como mamãe me ensinou, meti a boca do trombone e corri atrás dos meus direitos! Na condição de consumidor, quero alertar outros para não cairem em armadilhas!

Possuo uma cota do Consórcio Fiat desde Out/2004 e encontrei uma série de dificuldades, informações desencontradas e muitos impecilhos para cancelar meu contrato. São eles:

– Para cancelar meu contrato, deveria ter cancelado minha contemplação, ocorrida em 2006. Na época, o atendende informou, caso não tivesse interesse em retirar o bem, bastava desconsiderar a taxa que ela seria cancelada;
– Fui informado também, o contrato seria cancelado automaticamente desde que deixasse de pagar. Se seguisse a orientação, me tornaria um inadimplente e contratualmente, seria cobrado depois;
– Solicitei à Central de Atendimento endereço da empresa para encaminhar carta de cancelamento e os atendentes se negaram a informar;
– Recebi e-mail da Central de Atendimento, comunicando que não poderia cancelar meu contrato pois fui contemplado sem o bem;
– Indicaram que a “melhor” opção para mim seria solicitar o Faturamento em Espécie. NA verdade, a melhor era para o Consórcio pois o valor a receber seria descontado sobre o saldo devedor e o restante da carta de crédito seria pago em sua conta corrente. Não fui informado em nenhum minuto “quais opções” teria direito.

Depois de muito custo, solicitei o cancelamento por e-mail, conversei com a Central de Atendimento e encaminhei carta registrada à empresa. Pensando estar livre do Consórcio, ainda recebi informações diferentes de como será feito o cálculo de reembolso.

Infelizmente, a empresa, além de desorganizada, não respeita a inteligência do Consumidor e o Código de Defesa!

Já que eles foram tão íntegros, honestos e transparentes, fui “obrigado” a publicar aqui e registrar uma queixa no RECLAME AQUI

Gostou do Post?
Dê um CURTIR, COMPARTILHE e faça um COMENTÁRIO: