Doce prisão

Um confeiteiro admitiu na Justiça que atacou a mulher atirando doces, em Blackpool, no Reino Unido. Ele foi condenado a pagar cerca de R$ 500 de indenização e as despesas judiciais do processo. De acordo com o site Metro, a mulher pediu o divórcio após oito anos de união.

O homem, que tem 38 anos, atirou o doce profiteroles (massa leve doce recheada de creme) na mulher após uma discussão, quando chegou supostamente embriagado em casa, no sábado passado. Ele também jogou uma vasilha plástica em Myra Owen, 55 anos, enquanto ela dormia (Terra).

Gostou do Post?
Dê um CURTIR, COMPARTILHE e faça um COMENTÁRIO: