Brasil surtado

O Brasil registrou nos últimos dois anos 489 surtos e emergências em saúde pública, que incluem casos de doenças transmitidas por insetos, como dengue, febre amarela e mal de Chagas, além de enfermidades transmitidas por alimentos contaminados. É o que mostram dados do Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (Cievs), orgão do governo federal. O centro calcula que nestes dois anos de atuação mais de 40.000 pessoas possam ter sido afetadas diretamente pelos surtos e emergências.

Especialistas concordam sobre a dificuldade de controlas doenças que sempre foram endêmicas no País, mas traçam um histórico de descaso do poder público com o controle dessas enfermidades (OESP).

CG: Trocando em miúdos, as doenças estão ligadas à falta de ação do Estado. Acorda, Brasil!!!

Gostou do Post?
Dê um CURTIR, COMPARTILHE e faça um COMENTÁRIO: