Denúncias e mais denúncias

O Ministério Público Federal vive uma fase única em que bate recordes de denúncias contra autoridades. Desde que assumiu o cargo, em julho de 2005, o procurador-geral da República, Antonio Fernando de Souza, encaminhou 120 pedidos de abertura de inquérito ao Supremo Tribunal Federal contra ministros de Estado, senadores e deputados federais.

Entre 2003 e 2005 foram 44 inquéritos ao Supremo e 58 denúncias. Em contrapartida, durante oito anos de Geraldo Brindeiro (1995 a 2003) foram 42 pedidos de inquérito e nnhuma denúncia oferecida ao Supremo.

Por trás deste “boom”, estão três fatores: o crescimento das operações de combate à corrupção, a troca de informações ente os órgãos responsáveis pelas investigações e a investigação da classe política (Valor).

CG 1: Onde há fumaça há fogo!
CG 2: É de estranhar o pequeno número no período entre 1995 a 2003, não acham?

Gostou do Post?
Dê um CURTIR, COMPARTILHE e faça um COMENTÁRIO: