Criticas válidas

A bancada do PT na Câmara formalizou a insatisfação do partido com o ministro do STF e presidente do TSE, Marco Aurélio Mello, por criticar sistematicamente programas federais. Na reclamação, o PT cita as críticas feitas ao programa Territórios da Cidadania, anunciado pelo governo há cerca de 15 dias, em ano eleitoral, o que seria proibido por lei.

O Tribunal Eleitoral tem como obrigação, responder consultas e orientar eleitores e partidos políticos. Por isso, esses “alertas” seriam parte do trabalho do presidente do TSE (OESP).

CG: Melhor do que pecar por omissão, não é mesmo?

Gostou do Post?
Dê um CURTIR, COMPARTILHE e faça um COMENTÁRIO: