Dita e dura de Lula

Lula afirmou na noite de quinta-feira, que “seria tão bom que o Poder Judiciário metesse o nariz apenas nas coisas dele”. O comentário foi para o ministro Marco Aurélio Mello do STF, que havia criticado o lançamento do programa social Territórios da Cidadania em ano eleitoral. Por lei, programas sociais não podem ser criados em ano eleitoral para que não haja distorção na disputa.

Em 2003 e 2006, Lula fez elogios rasgados ao Poder Judiciário e sua independência (OESP).

CG 1: Lula se esquece que o Judiciário existe exatamente para “meter o nariz” nas coisas erradas.
CG 2: Quando o Judicianário se cala, porque está instalada uma ditadura.

Gostou do Post?
Dê um CURTIR, COMPARTILHE e faça um COMENTÁRIO: