Demiti-lo-eis

Os ministros do Tribunal de Contas da União decidiram esmiuçar as despesas com cartões corporativos. A decisão foi tomada depois de denúncias do uso dos cartões em free shop, choperia, joalheira, restaurante e até tapiocaria, envolvendo os ministros Matilde Ribeiro (Igualdade Racial), Altemir Gregolim (Pesca) e Orlando Silva (Esporte).

CG: Como dizia Jânio Quadros, “Demiti-lo-eis”!

Gostou do Post?
Dê um CURTIR, COMPARTILHE e faça um COMENTÁRIO: