Farra de Congonhas

O desgoverno recuou em decisões apresentadas como cruciais para evitar o caos aéreo e garantir a segurança dos passageiros. O genérico Jobim anunciou ontem a retirada da proibição de conexões e escalas em Congonhas a partir de 16 de março.

Fez isso quase seis meses depois de declarar que o aeroporto paulista jamais voltaria a ser um centro de distribuição de vôos (“hub”). Jobim informou que Congonhas voltará a atender fretamentos e charters em horários determinados do fim de semana, mas manterá o limite de 30 pousos e decolagens por hora (Alerta Total).

CG: Alguém deste governo tem palavra?!?!? Bando de Pinóquio! Acorda, Brasil!

Gostou do Post?
Dê um CURTIR, COMPARTILHE e faça um COMENTÁRIO: