Balela (cpmf 32)

O lançamento do PAC da Saúde, foi transformado num palanque de discursos favoráveis à prorrogação do imposto do cheque. Agora, o Planalto vincula investimentos à CPMF ao PAC da Saúde. E ainda, tem a cara de pau de afirmar se não for aprovado, os “pobres” que sofrerão as conseqüências (Valor).

Às voltas com o risco de perder uma arrecadação anual estimada em R$ 40 bilhões para 2008, Lula encomendou à sua equipe econômica a análise de uma novidade que, imagina, vai deixar balançada a oposição no Senado. O governo cogita levar à mesa a proposta de elevar o percentual da coleta da CPMF destinado à Saúde (Josias de Souza).

CG: O governo começa a dar sinais de desespero. Acorda, Brasil! Diga não ao imposto maldito!

Gostou do Post?
Dê um CURTIR, COMPARTILHE e faça um COMENTÁRIO: