A Copa do Mundo é nossa!

O presidente Lula, Romário, Paulo Coelho, dirigentes do futebol e um avião lotado de políticos, cairam na farra, quando a Fifa confirmou o Brasil como sede da Copa do Mundo de 2014.

Vale lembrar I: nenhuma das cidades que disputam para ser sede dos jogos, conta com um estádio à altura, de forma que uma série de projetos de construção são iminentes, com todas as possibilidades de corrupção que obras de tal tamanho costumam oferecer.

Vale lembrar II: O Tribunal de Contas da União (TCU) descobriu que os contratos para construção das instalações dos Jogos Panamericanos no Rio e reforma estouraram o orçamento em até dez vezes. Em agosto, o TCU suspendeu todos os pagamentos às construtoras sob suspeita de fraude.

Vale lembrar III: Um dos fracassos do Pan foi não ter entregue as melhorias duradouras prometidas pelos organizadores, como um novo transporte público e a limpeza da poluição na lagoa central do Rio. Muitos agora se perguntam que legado um empreendimento muito maior deixará ao país.

Atenção: Os estatutos do comitê o deixam explicitamente livre de supervisão e interferência do governo —apesar de que dinheiro público será gasto em grande parte das obras que serão realizadas.

Para finalizar, foram manifestadas dúvidas sobre a capacidade da infra-estrutura de transporte do Brasil. Uma crise de aviação precipitada por dois grandes acidentes nos últimos 14 meses deixou aeroportos propensos a superlotação e atrasos (Financial Times).

CG: Como bom brasileiro, a esperança é a última que morre. A Copa do Mundo ainda está distante e até 2014, o Brasil poderá ter solucionado alguns de seus problemas mais urgentes. Apesar de Deus ser brasileiro, o governo vai torrar nosso dinheiro!

Para ler mais, CLIQUE AQUI, AQUI e AQUI.

Gostou do Post?
Dê um CURTIR, COMPARTILHE e faça um COMENTÁRIO: