CPMF (parte 18)

Enquanto a CPMF não vai para o Senado, aqui vai uma reflexão sobre o maldito imposto: a principal função da “Contribuição Provisória” sobre a Movimentação Financeira é viabilizar os indiscrinados gastos do governo, facilitar a corrupção e o uso de verbas com fins demagógicos e eleitoreiros. Acorda, Brasil!!!

Na minha humilde opinião, ele deve ser extinto ou, talvez, permanecer com a alíquota de 0,01%, apenas como instrumento de controle fiscal. Alguém concorda comigo?

Participe do Concurso Verus Editora e Criativo de Galochas. Clique AQUI.

Gostou do Post?
Dê um CURTIR, COMPARTILHE e faça um COMENTÁRIO: